Perguntas Frequentes

Ações Suzano

1. Onde os papéis da Suzano são negociados?

Ações – Brasil

B3 – Brasil, Bolsa, Balcão (São Paulo)
Código: SUZB3 (ações ordinárias)
Segmento de negociação: Novo Mercado

Ações – Estados Unidos

Programa de ADR1, com papeis negociados no mercado de balcão, sendo que cada ADR corresponde a duas ações ordinárias.

2. O que significa a Suzano Papel e Celulose ser uma Companhia do Novo Mercado da B3?

O Novo Mercado é um segmento de listagem destinado à negociação de ações de empresas que adotam, voluntariamente, práticas de governança corporativa adicionais às que são exigidas pela legislação brasileira. A listagem nesse segmento especial implica a adoção de um conjunto de regras societárias que ampliam os direitos dos acionistas, além da divulgação de políticas e existência de estruturas de fiscalização e controle. O Novo Mercado conduz as empresas ao mais elevado padrão de governança corporativa. A Suzano Papel e Celulose integra o Novo Meracdo da Bolsa de Valores de São Paulo desde 10 de novembro de 2017.

3. O que é ADR e como são negociadas?

ADR significa American Depositary Receipts e foi criada para facilitar o investimento estrangeiro em valores mobiliários da Suzano. Cada ADR corresponde a 2 ações da Suzano.

4. Qual a política de dividendos da Suzano?

O Estatuto Social, em linha com os princípios da legislação vigente, fixa um dividendo mínimo obrigatório de 25% do lucro líquido ajustado do exercício ou 10% da Geração de Caixa Operacional do respectivo ano fiscal.

5. O que são Juros sobre Capital Próprio (JCP)?

O JCP (juros sobre capital próprio) é uma forma de remuneração ao acionista da empresa, calculado aplicando a TJLP - Taxa de Juros de Longo Prazo sobre o Patrimônio Líquido da empresa e limitado a metade do Lucro Líquido da Companhia. Considerado, para efeito do cálculo do Imposto de Renda (IR) e CSLL (Contribuição Social Sobre Lucro Líquido), como despesa dedutível da base de cálculo, reduzindo o valor de ambos os impostos. Para o acionista, tributado na fonte em 15% sobre o valor distribuído. O JCP equivale a um dividendo e é uma forma eficiente de distribuição de resultados. A companhia pode tratar esse pagamento como uma despesa para fins fiscais.

Os acionistas (incluindo os detentores de ADRs) pagam o Imposto de Renda brasileiro retido na fonte sobre as quantias recebidas a título de juros sobre o capital próprio, ao passo que a distribuição de dividendos é isenta de imposto para o acionista. Apesar disso, o aumento do montante distribuído devido ao benefício fiscal supera o montante a ser pago pelo acionista no Imposto de Renda. O Imposto de Renda Retido na Fonte normalmente é pago pelas empresas brasileiras em nome de seus acionistas.

6. Já ocorreu alguma Bonificação de ações da Suzano? Quando e como?

Sim. Em 30 de abril de 2010 a Companhia divulgou fato relevante a respeito de bonificação em ações de 25%, ou seja, uma ação nova, de mesma espécie e classe, para cada grupo de quatro pré-existentes. Informações adicionais na seção de Fatos Relevantes.

7. A Suzano confere tag along aos seus acionistas?

Sim, o tag along é aplicado para 100% das ações da Suzano Papel e Celulose.

8. Como investir em ações da Suzano?

Para comprar ou vender ações de emissão da Suzano é necessário contatar uma corretora de valores que fará a intermediação da negociação junto à Bolsa de Valores (B3) através de um formulário de registro preenchido e aprovado pela corretora.

As corretoras e outros intermediários financeiros dispõem de profissionais voltados à análise de mercado, de setores e de companhias, e com eles é possível se informar melhor e obter recomendações de compra e venda de ações.

Recomenda-se que antes do investimento em ações, o investidor iniciante procure aprimorar os seus conhecimentos sobre o assunto de forma a assegurar uma decisão consciente acerca dos riscos inerentes ao investimento pretendido. Como forma de facilitar este processo, a B3 (ex-BM&FBOVESPA) oferece aos interessados em conhecer os conceitos básicos do mercado de ações e de opções, o curso "Mercado de Ações – Conceitos Fundamentais" na sua página na internet.

Também é possível negociar ações via internet. Para tanto, é necessário ser cliente de uma corretora da B3 que disponha do sistema Home Broker. Confira a lista de corretoras na página da B3 na internet.

9. O que é Home Broker?

É o sistema que permite a negociação de ações via internet. O Home Broker está interligado ao sistema de negociação da B3 e permite que sejam enviadas ordens de compra e venda de ações através do website de corretoras na internet.

10. Como o acionista da Suzano pode verificar sua posição acionária?

A posição acionária pode ser nas agências especializadas do Banco Itaú S.A. Os acionistas cuja custódia seja realizada pela CBLC - Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia devem consultar sua posição nesta instituição junto à corretora de valores através da qual os investimentos foram realizados. Para mais informações favor acessar www.itaucustodia.com.br.

11. Quem são os acionistas controladores da Suzano?

A Suzano Papel e Celulose é controlada pela Suzano Holding S.A., empresa de capital aberto controlada pela família Feffer e integrante do Grupo Suzano. Para maiores informações a respeito da descrição e organograma do grupo econômico em que a Suzano Papel e Celulose se insere, acesse o Formulário de Referência.

12. Como posso entrar em contato com o departamento de Relações com Investidores?

Suzano Papel e Celulose S.A.

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1355, 8º andar
Pinheiros – São Paulo/SP
CEP 01452-919
Tel.: (11) 3503-9061
e-mail: ri@suzano.com.br

13. Quais os contatos para informações sobre os Valores Mobiliários emitidos pela Companhia?

Banco Custodiante

Telefone: 55 11 3003-9285
Website: www.itautrade.com.br
E-mail: investfone.investimento@itau-unibanco.com.br

Banco Depositário

The Bank of New York
101 Barclay Street; New York (NY); 10286; USA

14. Como solicitar o informe de rendimentos sobre proventos distribuídos pela Companhia?

Banco Custodiante

Telefone: 55 11 3003-9285
Website: www.itautrade.com.br
E-mail: investfone.investimento@itau-unibanco.com.br

Cadastro/Mailing

1. Como faço para me cadastrar?

Para se cadastrar no mailing list da Suzano, acesse a seção “E-mail Alerta” e preencha o formulário conforme indicado.

Negócios Suzano

1. Quais são os negócios de atuação da Suzano?
  • Celulose de mercado, comercializada em cerca de 80 países;
  • Papel, cujo portfólio é integrado por papel revestido, papel não-revestido, cutsize e papelcartão, vendido em cerca de 80 países, com cerca de 30 marcas, entre elas Report®, TpPremium® e Reciclato®;
  • Biotecnologia
2. Quais os principais destinos de produtos da Suzano?
  • Celulose de mercado: Europa, Ásia e Brasil.
  • Papel: Brasil, América do Sul e Central.
3. Quantas fábricas a Suzano tem? Onde estão localizadas as fábricas e os escritórios?

No Brasil, nossas unidades industriais consistem em três fábricas integradas de celulose e papel, duas localizadas no estado de São Paulo (Unidade Suzano e Unidade Limeira) e uma no estado da Bahia (Unidade Mucuri), além de duas fábricas de papel não-integradas no estado de São Paulo (Unidade Embú e Unidade Rio Verde) e uma de produção de celulose no estado do Maranhão.

A estrutura da Companhia contempla, ainda, escritório administrativo em São Paulo (SP), e, no exterior, escritórios comerciais na China, nos Estados Unidos e na Suíça, laboratórios de pesquisa em Israel e na China e subsidiárias na Inglaterra e na Argentina, permitindo uma diversificação geográfica relevante na distribuição dos produtos da Companhia.

4. Por que a Suzano investe em biotecnologia?

A Suzano sempre foi uma empresa inovadora no desenvolvimento da cultura do eucalipto, mantendo um programa de longo prazo de pesquisa em melhoramento genético do eucalipto há mais de três décadas. Referidas pesquisas resultaram na formação de uma das bases genéticas de eucalipto com maior produtividade florestal do mundo e potencial para ser adaptada a diversas condições de solo e clima, bem como para diferentes usos finais, tais como a produção de celulose, a produção de móveis, a geração de energia, entre outros.

A Suzano acredita que a biotecnologia pode ser uma ferramenta para manter a sua competitividade e a sustentabilidade de seu negócio no longo prazo. Com a aquisição da empresa inglesa FuturaGene, em julho de 2010, a Suzano espera acelerar sua estratégia de inovação em pesquisa e desenvolvimento florestal, voltados para ganho de produtividade.

Financeiro

1. A Suzano publica seus resultados em IFRS?

As demonstrações contábeis consolidadas da Companhia para os exercícios findos em 31 de dezembro de 2010 e 2009 foram preparadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, que compreendem as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e os Pronunciamentos, Orientações e Interpretações emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) e estão em conformidade com as normas internacionais de contabilidade (International Financial Reporting Standard – IFRS) emitidas pelo International Accounting Standard Board (IASB).

2. Por que a Suzano Papel e Celulose utiliza o EBITDA?

O EBITDA corresponde ao lucro líquido antes do imposto de renda e contribuição social, do resultado financeiro e das despesas de depreciação e amortização. O EBITDA não é medida de desempenho financeiro segundo as práticas contábeis adotadas no Brasil, IFRS ou US GAAP, tampouco deve ser considerado isoladamente, ou como uma alternativa ao lucro líquido, como medida de desempenho operacional, ou alternativa aos fluxos de caixa operacionais, ou como medida de liquidez. Outras empresas podem calcular o EBITDA de maneira diferente da Companhia. O EBITDA apresenta limitações que prejudicam a sua utilização como medida da lucratividade da Companhia, em razão de não considerar determinados custos decorrentes dos negócios da Companhia, que poderiam afetar, de maneira significativa, os lucros da Companhia, tais como despesas financeiras, tributos, depreciação, despesas de capital e outros encargos relacionados.

Última atualização em
Topo

Fechar